Sábado, 25 de Novembro de 2017

PF indicia 26 no esquema de venda de diplomas

19 FEV 2008Por 15h:12
     

                Vinte e seis pessoas, entre elas 23 agentes penitenciários, foram indiciadas pela Polícia Federal de Dourados acusadas de participação no esquema de venda de diplomas. Segundo as investigações da PF, os diplomas eram vendidos pela Fifasul (Faculdades Integradas de Fátima do Sul) para funcionários da Agência de Administração do Sistema Penitenciário de Mato Grosso do Sul (Agepen). As investigações começaram em 2005. Pelo esquema, com a compra dos diplomas era necessária para que os funcionários conseguissem reenquadramento funcional com aumento salarial de 40%. Entre os indiciados está a proprietária da faculdade, uma funcionária e um homem acusado de intermediar a venda dos diplomas.

                 

                 

                 

Leia Também