Terça, 21 de Novembro de 2017

PF faz operação para prender quadrilha que desviava dinheiro de contas bancárias pela internet

4 AGO 2010Por 15h:00
     

Polícia Federal deflagrou hoje (4) a Operação Trojan para desmontar uma quadrilha de Tocantins que desviava dinheiro por meio de transações de contas-correntes para contas-laranja mantidas pelo grupo. A PF está cumprindo mandados judiciais nas cidades de Palmas e Paraíso do Tocantins, onde atuavam os investigados e os líderes da quadrilha. As investigações começaram em outubro de 2008, depois de denúncias recebidas de agências bancárias.

O grupo criminoso tinha acesso aos dados das contas bancárias por meio de um vírus de computador que depois de se instalar nos computadores de correntistas, copiava o número das contas e as senhas e enviava os dados para os crackers (quem invade um sistema de segurança).

O esquema criminoso tinha a participação de comerciantes e empresários que forneciam boletos bancários de suas empresas para que fossem pagos pela internet de forma fraudulenta usando contas bancárias de terceiros. Também eram usados aliciadores que buscavam pessoas que "alugavam" contas bancárias para que a quadrilha sacasse o dinheiro.

A PF fará ainda perícia dos materiais apreendidos para identificar outros integrantes. Os detidos durante a operação deverão responder pelos crimes de formação de quadrilha e furto qualificado mediante fraude.

Leia Também