Sexta, 24 de Novembro de 2017

PF diz que furto de equipamentos da Petrobras foi ação comum

18 FEV 2008Por 09h:30
     

                Laudo da perícia da Polícia Federal constatou que o o furto de equipamentos de informática com informações estratégias da Petrobras sobre a indústria petrolífera no litoral brasileiro não passou de uma ação comum. Segundo a PF, o furto foi praticado por pessoa sem o requinte de um espião a serviço de governos estrangeiros ou de concorrentes. A descoberta do furto aconteceu no dia 31 de janeiro, quando um contêiner foi descarregado no pátio da empresa Halliburton em Macaé, no Rio.

                 

                Com informações da Folha Online

Leia Também