Sábado, 18 de Novembro de 2017

PF de Alagoas prende irmão de PC Farias

15 OUT 2008Por 12h:30
     

 

 

A Polícia Federal de Alagoas deflagrou na manhã desta quarta-feira, 15, a Operação Voto Nulo. Cerca de 80 homens da PF cumprem seis mandados de prisão e 20 de busca e apreensão nos municípios de Maceió, Barra de Santo Antônio e Porto de Pedras. Entre os presos, está o prefeito Rogério Farias (PPS), irmão de PC Farias, do município de Porto de Pedras, a 100 quilômetros de Maceió. Reeleito no último dia 5, ele é acusado de fraude eleitoral e deve ter o mandato cassado. PC Farias, morto em 2006, era tesoureiro da campanha presidencial de Fernando Collor de Mello(PTB).

A prisão do prefeito foi confirmada pela PF. Segundo o superintendente substituto da Polícia Federal em Alagoas, delegado Nilton Ribeiro, o prefeito deve ficar preso na carceragem da PF, no bairro de Jaraguá, depois de passar por exame de corpo delito no Instituto Médico Legal de Maceió (IML). De acordo com Ribeiro, a operação teve como alvo o reduto eleitoral de Rogério Farias.

 

Com informações do Estadão

Leia Também