Quinta, 23 de Novembro de 2017

Petrobras eleva índice e Bovespa registra alta

17 JUN 2010Por 06h:31
Claudia Violante (AE)

Depois de um início bastante volátil, o índice Bovespa firmou-se em alta e assim se manteve até o final do pregão na Bolsa de Valores de São Paulo. Além da recuperação das Bolsas norte-americanas, depois de um início incerto, o principal índice à vista da Bolsa brasileira avançou em razão do vencimento de opções sobre Ibovespa e contratos de Ibovespa futuro. Os papéis da Petrobras foram destaque na sessão e ajudaram a sustentar os ganhos. Vale pesou.
O Ibovespa subiu 0,48%, aos 64.750,71 pontos. Na mínima da sessão, registrou 63.974 pontos (-0,73%) e, na máxima, os 65.097 pontos (+1,02%). No mês, a Bolsa acumula ganhos de 2,70% e, no ano, queda de 5,59%. O giro financeiro totalizou R$ 9,727 bilhões.

Câmbio
O dólar comercial fechou o dia em baixa de 0,17%, cotado a R$ 1,79 no mercado interbancário de câmbio. Na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), o dólar à vista encerrou a sessão em baixa de 0,16%, a R$ 1,7872. No mês, o dólar comercial acumula queda de 1,65% e, no ano, alta de 2,70%. Ontem, o otimismo em relação à recuperação global conseguiu superar a cautela que se instalou no início do dia, quando rumores sobre a Espanha e os dados negativos sobre obras residenciais nos EUA acenderam a luz amarela no mercado.
Em junho, até o dia 11, o fluxo cambial está negativo em US$ 1,776 bilhão, saldo puxado pela conta financeira, cujo fluxo foi negativo em US$ 978 milhões. O Banco Central também informou ontem que as compras diárias de dólares retiraram US$ 1,047 bilhão do mercado neste mês.

Leia Também