Quinta, 23 de Novembro de 2017

Petistas reagem contra a possibilidade de ceder a cabeça-de-chapa ao PDT

10 JUN 2008Por 16h:52
     

 

 

Os deputados estaduais, Pedro Teruel e Amarildo Cruz, reagiram contra a possibilidade do PT ceder a cabeça-de-chapa ao deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT). Teruel, que é pré-candidato à Prefeitura de Campo Grande, reafirmou aos prantos que não abrirá mão de entrar na disputa pelo comando da Capital e, Amarildo, que preside o partido no Estado, atestou que a candidatura petista é irreversível e acusou o PDT de criar fato para tentar reverter o cenário.

A bomba estourou na manhã de hoje, após os parlamentares verificarem reportagem, publicada pelo Jornal Correio do Estado, informando que o PT admitia retirar a candidatura de Teruel e indicar o vice na chapa de Dagoberto Nogueira.

As negociações teriam avançado após lideranças pedetistas terem recebido sinal verde do senador Delcídio do Amaral, principal padrinho do projeto político do deputado petista. Ele teria deixado claro que não iria criar obstáculos para a aliança, levando em conta informação de que Teruel estaria disputo a abrir mão da candidatura, caso pesquisa apontasse que Dagoberto teria mais aceitação entre os eleitores.

        No entanto, o pré-candidato do PT atestou que não tem acordo com o parlamentar pedetista e que nenhum levantamento é capaz de fazê-lo desistir do embate.

Leia Também