Sexta, 24 de Novembro de 2017

Pesquisadores debatem tratamento de dejetos de suínos

14 NOV 2009Por 18h:00
     

A Embrapa vai reunir na segunda-feira (16), em São Gabriel do Oeste, distante 140 km da Capital, pesquisadores e técnicos do setor agropecuário do país para debater o tratamento dos dejetos da suinocultura. Mato Grosso do Sul é um dos grandes produtores de carne suína do Brasil. O seminário "Aproveitamento múltiplo da biodigestão na agroindústria e cidades" dará início no Estado a um projeto-piloto que analisará a eficiência do sistema de tratamento ambiental com biodigestores, as conseqüências do uso repetitivo da água que sobra para fertilizar as lavouras e o impacto desses dejetos sobre a água no lençol freático e nos rios da região.

        A ideia é que, a partir do encontro, sejam definidas as estratégias e as diretrizes para tornar a biodigestão uma tecnologia amplamente divulgada e utilizada em todo o país. Segundo o pesquisador Ivan Bergier, da Embrapa Pantanal, a biodigestão reduz o impacto do efeito estufa, além de aumentar a sustentabilidade da agricultura brasileira e a geração de energia limpa e renovável.

Leia Também