Sábado, 18 de Novembro de 2017

Pesquisadores da Fiocruz treinam técnicos do CCZ para combater a dengue

5 NOV 2009Por 11h:00
     

        Técnicos do CCZ (Centro de Controle de Zoonozes) estão recebendo nesta quinta-feira treinamento de pesquisadores da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) e do Ministério da Saúde, como parte do Programa Nacional de Combate a Dengue. Campo Grande foi uma das quatro cidades brasileiras escolhidas pelo Governo Federal para receber o treinamento para o uso de armadilhas para captura de mosquitos e ovos de mosquitos. O chefe do Serviço de Controle de Vetores do CCZ, Alcides Ferreira, explica que a Capital foi escolhida a participar do programa por ter atingido um nível elevado de organização nas ações de combate à dengue, após a experiência de uma epidemia. O programa de utilização de armadilhas, segundo explica Ferreira, terá dois anos de duração. Durante esse período, as armadilhas serão colocadas durante sete dias úteis de cada mês, nos bairros Guanandi, Vila Carlota e Vila Planalto. Essas regiões foram escolhidas pela alta densidade populacional.

        Com informações de assessoria
        

         

Leia Também