Domingo, 19 de Novembro de 2017

Perícia não conseguiu extrair DNA de ossos apontados como sendo do menino Dudu

4 DEZ 2009Por 15h:30

         

                 

A perícia não conseguiu extrair DNA dos fragmentos de ossos apontados como sendo do menino Luiz Eduardo Gonçalves, o Dudu. O material foi encontrado em um terreno na saída para São Paulo.

A amostra foi analisada em Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Bahia, contudo, as amostras estavam calcinadas, ou seja, foram expostas a altas temperaturas.

Cinco pessoas foram acusadas de envolvimento na morte do garoto. Três adolescentes foram condenados a três anos de internação na Unei e duas pessoas estão presas, aguardando decisão se irão a júri. Dudu foi assassinado em 22 de dezembro de 2007.

                 

Leia Também