Domingo, 19 de Novembro de 2017

Pedreiras "invadem" a construção civil

6 JUL 2008Por 22h:01
     

        Vera Halfen

        Invadindo um mundo tradicionalmente dominado por homens, as mulheres-pedreiro começam a ganhar espaço. O salário de R$ 120 por semana é um bom reforço familiar, dizem as trabalhadoras. Para mudar esse conceito, as arquitetas Marilise Arakaki e Lílian Fleck começaram a contratar mulheres para o trabalho. E não pararam por aí: além de utilizar mão-de-obra feminina, também fabricam os tijolos, chamados de "tijolo ecológico solo-cimento", produzido desde 2003. Mas a grande vantagem é que depois de a obra concluída, o custo final cai em média, 20%.

Leia Também