Domingo, 19 de Novembro de 2017

Pecuária de MS corre risco de colapso

14 FEV 2008Por 22h:55
     

        Da redação

        A pecuária estadual, principalmente o setor de exportação, pode entrar em colapso se o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) acatar opinião de técnicos que defendem a transformação de todo o Estado em Zona de Alta Vigilância (ZAV) da Febre Aftosa, o que impediria a "exportação" da carne de MS até para os Estados vizinhos. Nem mesmo boi em pé poderia sair. Hoje, uma faixa de 30 km na região de fronteira, sendo 15 quilômetros no Brasil e 15 no Paraguai, sofre com estas restrições. A preocupação é com a reintrodução da aftosa em território brasileiro, uma vez que o país vizinho não adotou normas rígidas de controle da doença. Pá-gi-na 9A

Leia Também