Terça, 21 de Novembro de 2017

Peças de teatro serão destaques no 9° Festival de Inverno

19 JUL 2008Por 21h:15
     

Da Redação/JC

 

Lançado na última sexta-feira, dia 11, pelo governador André Puccinelli (PMDB), o presidente da FCMS (Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul) Américo Calheiros e com a presença do secretário de Turismo e Indústria de Bonito, Augusto Mariano, o 9° Festival de Inverno de Bonito, que começa no dia 30, promete muitos destaques. Dentre eles os espetáculos de teatro. Confira a programação:


        

A peça ?Uma lenda Terena? será apresentada no palco Fala Bonito, na Praça da Liberdade, no dia 31 de julho, às 18h.


        

Já o espetáculo ?Amor Sacro e Profano? acontece no EcoEspaço, na rua Senador Felinto Muller, s/n°, no dia 2 de agosto, também às 18h.


        

O espetáculo ?Uma lenda Terena?, da Trupe Teatral Brazil Bonito, conta a história do amor proibido entre um estrangeiro português (Cauti) e uma índia (Caçai), que está prometida do cacique da tribo. Entre efeitos de luz, sombra, corpo e fogo, a peça fala sobre a importância do amor verdadeiro e da crença Terena. Destaca ainda porquê as águas de Bonito são tão puras e cristalinas.


        

?Amor Sacro e Profano?, com direção Bianca Machado, é um monólogo que traça um paralelo da vida da artista plástica sul-mato-grossense Lydia Baís (1900-1983), através de duas personagens: a própria Lydia, representada em sua mocidade, e Maria Teresa Trindade, a narradora, que já velha e esquizofrênica, rememora o passado da artista com ironia e humor cativantes.


        

Baseado na biografia ?Lydia Baís?, publicada pela própria artista sob pseudônimo, relata as peripécias dessa mulher que desafiou a família patriarcal e provinciana para estudar pintura no Rio de Janeiro.


        

Música


        

Além das peças, a programação musical também promete agitar o público com a abertura das apresentações com um show de Almir Sater no dia 30 de julho, quando começa o Festival, em seguida sobem ao palco sucessivamente Bethânia no dia 31, Ana Carolina no dia 1° e Zé Ramalho, dia 2. (Com informações da agência de notícias do Governo do Estado)


        

Leia Também