Sábado, 25 de Novembro de 2017

PEC que diminui pela metade número de deputados federais não empolga

14 JUL 2008Por 20h:40
     

Lidiane Kober e Lívia Ferreira

 

Apresentada no último dia 8 pelo deputado federal Clodovil Hernandes (PR-SP) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 279/2008) que reduz para a metade o número de parlamentares federais na Câmara divide as opiniões entre os representantes da bancada federal de Mato Grosso do Sul e não empolgou. Pela PEC, que já recebeu 172 assinaturas de apoio dos deputados, o número de parlamentares na Casa cairia de 513 para 250. Mato Grosso do Sul, que hoje tem oito parlamentares na Câmara, ficaria com quatro.

Apesar de considerar interessante o debate, o deputado Vander Loubet (PT) está descrente em relação à tramitação da proposta. "Dificilmente a PEC terá sustentação política, por conta das divergências nos interesses regionais. Imagino que o projeto será todo retalhado depois de receber uma enxurrada de emendas", comentou. Também observam dificuldades de a matéria vingar os deputados Nelson Trad (PMDB), Geraldo Resende (PMDB) e Antônio Carlos Biffi (PT).

No entanto, caso o projeto vingue e ganhe a adesão da maioria dos deputados, Vander Loubet e Dagoberto Nogueira (PDT) querem emplacar pelo menos uma alteração: aumentar o número mínimo de representantes de cada Estado de quatro para oito.

Leia Também