Segunda, 20 de Novembro de 2017

Peão que atropelou cabo do Exército é transferido para delegacia da Moreninha

24 JUN 2008Por 17h:55
     

O peão Fagner Gonçalves, de 26 anos, que atropelou e arrastou por 15 quilômetros o cabo do Exército Leonardo Sales da Silva, de 19 anos, foi transferido há pouco para o 4º DP (Delegacia de Polícia), nas Moreninhas. O acusado pelo crime estava detido no 5° DP da Vila Piratininga. O crime ocorreu à 00h30 do dia 7 de junho deste ano, em frente a uma festa de rodeio no bairro Dom Antônio Barbosa, em Campo Grande.

 

Fagner conduzia uma camioneta F4000 do patrão no momento em que cometeu o crime. De acordo com relatos de testemunhas, o peão ainda ingeriu pelo menos duas garrafas de cerveja antes de fazer de dirigir. O peão se diz inocente e nega que teria visto o momento do atropelamento.

 

 

O caso

 

A polícia apurou, efetuou a prisão, fez a reconstituição e ouviu as testemunhas e teve o apoio dos peritos. No relato houve mudança do foco das investigações, que a princípio apontava homicídio culposo, não homicídio doloso.

Leia Também