Domingo, 19 de Novembro de 2017

Peão que arrastou militar será indiciado por homicídio doloso

19 JUN 2008Por 14h:15
     

A Polícia Civil de Campo Grande irá manter o indiciamento do peão Fagner Gonçalves por homicídio doloso, que é cometido com intenção, pela morte do cabo do Exército Leonardo Sales da Silva, de 19 anos. Segundo a Polícia Civil, o indiciamento será matindo porque houve o entendimento de que Fagner assumiu o risco de provocar o acidente, porque ele não tinha habilitação para conduzir o caminhão F-4000 e estava com o veículo sem o consentimento do proprietário. Além disso, O peão alega que não viu que havia atropelado o militar, mas depois que foi avisado, retirou o corpo do rapaz das ferragens do carro e fugiu.

 

A Polícia Civil aguarda a finalização do laudo pericial para ser anexado ao inquérito que será remetido ainda hoje (19) para o Judiciário. Até a conclusão dos trabalhos, Fagner Gonçalves permanece preso.

Leia Também