Sábado, 25 de Novembro de 2017

Pé-quente

26 ABR 2010Por 21h:59
Carla Neves, PopTevê

Nos últimos dez anos, Kayky Brito não fez outra coisa senão crescer diante dos olhos do público. De “Chiquititas Brasil”, do SBT, passando por “O beijo do vampiro”, a “Chocolate com pimenta” e “Três irmãs”, o jovem, que estreou na tevê aos 12 anos e hoje está com 21, amadureceu tanto como ator que está indo para sua nona novela. Consciente de que cresceu fazendo televisão, Kayky não se espanta ao falar sobre sua trajetória. “Tudo aconteceu naturalmente. Não reparei muito: ah, estou crescendo. Fui curtindo... E, quando vem um personagem novo, adoro. Porque atuar é o que mais gosto de fazer na vida”, derrete-se ele, que voltará ao ar na pele do ciclista Sinval de “Passione”, próxima trama das oito da Globo. “É minha estreia no horário nobre!”, celebra o rapaz.

Na história, escrita por Silvio de Abreu e com estreia marcada para 17 de maio, Sinval é filho de Stela, interpretada por Maitê Proença, e de Saulo, de Werner Schünemann. Fazendo a linha “bom moço”, o rapaz é “o filho que toda mãe pediu a Deus”. Afinal, além de bom irmão – na trama, Sinval é irmão de Danilo, vivido por Cauã Reymond, e de Lorena, papel de Tammy Di Calafiori –, ele é o filho que ajuda a resolver os pepinos que surgem na família. “Ele é  todo sensível, romântico. E tem o irmão Danilo como ídolo”, define o ator, que para viver o ciclista precisou até raspar as pernas. “Tive de me depilar porque se me machucar não infecciona o pelo”, explica.

Além de se depilar – um hábito entre os ciclistas –, Kayky conta que começou a observar o comportamento e a maneira de pedalar de atletas como o norte-americano Lance Armstrong, que venceu sete vezes consecutivas a tradicional competição ciclística Tour de France, que este ano vai de Roterdã, na Holanda, a Paris. “O Armstrong é o cara! Então, dei uma boa observada em como ele fala, em como pedala...”, conta. Para construir o ciclista, o ator, juntamente com o colega de cena Cauã Reymond, também participou de trilhas e treinou no velódromo do Rio de Janeiro. “Cheguei a cair e ficar com uns roxos nos joelhos. Mas faz parte”, lembra, entre risos.

Esportista nato, Kayky adorou saber que interpretaria um atleta na nova novela das oito da Globo. É que, além de ser defensor de um estilo de vida saudável, ele corre, faz musculação e, coincidentemente, meses antes de ser convidado para participar da novela, tinha acabado de comprar uma bicicleta. “Por isso fiquei tão ‘amarradão’ quando o Silvio me ligou e convidou para fazer o Sinval. Estava pedalando quase todos os dias”, destaca, referindo-se ao autor de “Passione”.

Se, para construir a profissão do personagem Kayky recorreu a pesquisas na internet e ao estudo de ciclistas renomados, para criar a relação de Sinval com os irmãos, especialmente com Danilo, ele não precisou ir muito longe. “Trouxe um pouco do relacionamento que tenho com a minha irmã para o personagem. Afinal, sempre rola essa rivalidade entre irmãos. Seja pelo brinquedo, pelo sorvete”, brinca ele, que é irmão da também atriz Sthefany Brito. Na história, Sinval, apesar de ter em Danilo um exemplo, vai viver disputando com o irmão, que, no esporte, é melhor do que ele. “É que o Danilo é bem mais competitivo que o Sinval. Vive dizendo que ele tem de comer muito arroz e feijão para chegar onde ele está”, justifica.
A despeito do jeito implicante de Danilo, Kayky garante que Sinval não vai se chatear com esse comportamento. O rapaz só vai sair do sério mesmo quando se vir apaixonado pela mesma garota que o irmão: Fátima, interpretada por Bianca Bin. “O Sinval vai se apaixonar por ela, que, por sua vez, se apaixonará pelo Danilo. Vai ser quase como uma Dona Flor e seus dois maridos”, brinca Kayky, que, longe da ficção, é só elogios a Cauã. “Ele é um grande parceiro. Virou um irmão”, elogia.

Leia Também