Sexta, 17 de Novembro de 2017

PDT cochila, fica fora do comando das comissões e crise na base aliada se agrava

18 FEV 2009Por 23h:59
     

        Lívia Ferreira

         

Surpreendidos hoje pela manhã ao chegarem ao plenário da Assembléia Legislativa e constatarem que ficaram de fora das presidências de todas as comissões permanentes da Casa, deputados do PDT protestaram, reclamaram da atitude dos líderes partidários e sinalizaram que o episódio pode agravar a crise na base aliada.

O fato aconteceu poucos dias depois da reunião em que os parlamentares pedetistas ameaçaram se rebelar contra o governador André Puccinelli (PMDB) e foram contidos pelo presidente regional da sigla, deputado estadual Ary Rigo.

        Nos corredores da Assembléia, alguns deputados chegaram a rir do "cochilo" do PDT. "Se alguém dormiu no ponto, chama-se Antônio Braga", disse o deputado Onevan de Matos, referindo-se ao líder da bancada, a quem caberia conduzir as negociações. "Esta situação criou mal-estar entre os deputados" reconheceu Onevan. O PR, com bancada menor que o PDT, havia negociado até hoje a presidência de duas comissões.

Leia Também