Sábado, 18 de Novembro de 2017

PDT aprova indicativo de apoio à candidatura de Dilma Rousseff

20 JAN 2010Por 04h:31
A Execut iva Naciona l do PDT decidiu ontem por um indicativo de apoio à candidatura da ministrachefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, à presidência da República. Dezessete dos 23 membros da direção nacional estiveram reunidos na sede do partido em Brasília e o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, informou que a decisão do apoio foi tomada por consenso e com condicionamentos programáticos. “A partir de agora, o partido está habilitado a discutir o programa de Governo da candidata”, disse o ministro. Além de pleitear a garantia dos direitos trabalhistas existentes e o avanço das conquistas sociais, o PDT vai sugerir que a ministra adote o horário integral obrigatório nas escolas públicas. A decisão de ontem terá de ser confirmada pela convenção nacional do partido, que só se reunirá em junho, mas o ministro Lupi disse que se trata apenas de um ato formal. “Estamos dando nosso apoio, sem barganhar cargos, e sem fazer exigências”, disse. Segundo Lupi, a decisão vai valer para o PDT de todo o País. “Todos terão de subir no palanque da Dilma, independentemente das alianças construídas nos Estados”, completou. Em Mato Grosso do Sul, o PDT já fez pré-acordo para apoiar a candidatura à sucessão estadual do petista José Orcírio dos Santos.

Leia Também