Sábado, 18 de Novembro de 2017

Paulo Jobim reúne acervo inédito de Dorival Caymmi

23 JUN 2008Por 20h:00
     O Que É Que a Baiana Tem?, canção que Carmen Miranda tornou célebre em Banana da Terra, filme de João de Barro de 1938, assim como outros 10 mil documentos textuais, entre agendas pessoais de 1965 a 1997, partituras manuscritas, reportagens, vídeos caseiros e milhares de fotos do baiano Dorival Caymmi, estão sendo organizados em um acervo especial, por iniciativa do músico Paulo Jobim, filho de Tom.

        

        O trabalho é árduo: desde o fim do ano passado, quando o programa Natura Musical aprovou o projeto, foram catalogados apenas 2 mil desses 10 mil documentos do acervo, tendo 500 deles 'escaneados' até agora. A previsão é de que tudo fique pronto em agosto de 2009. "A nossa equipe ainda está levantando onde estão os quadros que Caymmi pintou durante toda a sua vida, faceta um tanto desconhecida pelo grande público", adianta Paulo. Nove pessoas estão envolvidas diretamente nesse trabalho, entre eles, Gabriel e Juliana Caymmi, filhos de Danilo e netos de Dorival.

        Com informações do Estadão

Leia Também