Segunda, 20 de Novembro de 2017

Páscoa do Senhor

3 ABR 2010Por 23h:47
Páscoa é mudança, é transformação, é renovação total, é vida nova. Páscoa é passagem de um estágio para outro, de uma situação inferior para uma superior. Páscoa é libertação de tudo quanto queira amarrar ou prender, é abertura para uma nova situação de alegria e de felicidade.

Penso no jovem que, depois de tanto desgaste, tanto estudo e tanto empenho, consegue passar no vestibular tão sonhado e tão almejado. Esquece as noites mal dormidas, esquece o sufoco de tantas solicitações para desistir e celebra com toda a euforia sua conquista. É vida nova! É Páscoa!
Penso em tantas pessoas desempregadas que andam meses e meses à procura de um novo emprego. E quando conseguem não lembram mais das caminhadas doloridas dos “aguarde que será chamado”, ou “não há vagas”. Esquece até a fome e os vexames sofridos. Tudo morre. E nasce um novo sorriso, um novo sonho e um novo projeto. Tudo se renova em sua vida. É Páscoa!

Penso em outras tantas pessoas que amargam uma longa e sofrida enfermidade em algum hospital, seja ela causada por algum acidente, ou seja, provocada por alguma outra situação. É uma longa quaresma de renúncias, de sacrifícios e de sofrimentos. Até o dia em que recebe “alta” e retorna à sua família. E reencontra seu ambiente, os olhares curiosos dos familiares, os abraços e a alegria com que reassume suas atividades. É uma festa celebrada com o coração que descobre um novo e mais profundo amor à vida. É uma nova Páscoa!

Penso em Jesus Cristo. Ele também percorreu um longo caminho para chegar à glória. Andou junto aos doentes que clamavam por saúde. E ele os atendia. Andou junto aos famintos clamando comida e ele os saciava. Andou junto aos doutores da lei e dos fariseus que o questionavam severamente e ele tinha resposta para cada questionamento. Andou junto aos discípulos instruindo-os e exortando-os a respeito de tudo quanto iria acontecer.
Eles, porém, esperavam outra atitude do Mestre. Não queriam aceitar a possibilidade de sofrer, de ser preso e de ser condenado à morte. Na mente deles não cabia essa possibilidade. Queriam era um Messias forte e poderoso, um Messias lutador e vitorioso. Mas Jesus pensava diferente. Pensava em salvar a todos e não derrotar e nem condenar ninguém. Por isso na última hora todos o abandonaram.

Mas ele não desistiu. Ele queria celebrar a Páscoa em toda a sua plenitude. Uma vida inteira dedicada a uma missão tão nobre como a sua não poderia se encerrar com a morte. Precisava se transformar. Precisava ressuscitar. E foi o que aconteceu. O amor derrotou o ódio. A bondade venceu a maldade. A misericórdia superou a frieza. E a vida triunfou sobre a morte.

Ele ressuscitou! Alegria de todos os seres humanos que, apesar dos sofrimentos e dificuldades em que possam se encontrar, alimentam a esperança de um dia poder respirar fundo e aclamar: sou vencedor!
Desejo a todos e a cada um: Feliz e Alegre Páscoa no Senhor!

Frei Venildo Trevizan

Leia Também