Quarta, 22 de Novembro de 2017

Parlamento da UE perde credibilidade após críticas

10 SET 2010Por 12h:30
     

O governo da França disse ontem que o Parlamento Europeu "está perdendo sua credibilidade", após a resolução votada ontem que pede ao país "suspender imediatamente" a repatriação de nômades e ciganos da etnia rom.

As palavras foram expressadas pelo secretário de Estado francês para os Assuntos Europeus, Pierre Lellouche. Já a moção encaminhada ontem pelo Legislativo da UE se refere também a outros Estados do continente, como a Itália.

"Respondendo ao Parlamento Europeu, digo a eles que estão perdendo credibilidade, e digo-lhes na cara", declarou Lellouche, entrevistado pela rádio France Inter.

O funcionário do governo recordou ainda que com o Tratado de Lisboa (nova legislação do bloco que entrou em vigor em 1º de dezembro de 2009), o Europarlamento terá um "importante poder de decisão com o Conselho" da UE.

A política dirigida aos imigrantes ilegais conduzida pela França vem gerando polêmicas em âmbito internacional. Além dos parlamentares europeus, o papa Bento XVI já pediu ao país que revisse seu programa de repatriação voluntária, que só em agosto reconduziu a Bulgária e Romênia pelo menos 200 ciganos rom.

Leia Também