Sábado, 25 de Novembro de 2017

Parceria entre Fiems e Prefeitura vai construir escolas profissionalizantes na Capital

20 AGO 2010Por 21h:45
     

Não restam dúvidas de que capacitação e ensino profissionalizante funcionam como alavancas para a melhoria da qualificação profissional e conseqüente inserção no mercado de trabalho. Na capital sul-mato-grossense, está em fase final de negociação uma parceria entre a Prefeitura de Campo Grande, a Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (Fiems) e Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul (Fecomércio), que dará início a uma nova etapa da formação de profissionais aptos às novas demandas do mercado de trabalho.

Por meio do convênio que está sendo firmado, a Prefeitura de Campo Grande entrará com a disponibilização de um terreno para a edificação de escolas técnicas, cuja estrutura física e conteúdo pedagógico serão garantidos pela Fiems e Fecomércio e abordarão as áreas de assistência ao trabalhador e a parte profissionalizante, dentre outros. Segundo o Prefeito Nelson Trad Filho, as negociações estão avançadas e o produto final atenderá mais segmentos do que o previsto na ideia original. "Esta será mais uma oportunidade de elevar a qualidade da mão-de-obra do campo-grandense. É uma ação de grande impacto no social e nossa expectativa é de que a iniciativa seja recebida com entusiasmo", revela o prefeito.

Dentre as ações do convênio, destaca-se a parceria com o Senac (sistema Fecomércio), que prevê a construção uma escola profissionalizante que contará com ambientes pedagógicos para capacitações nas áreas de mercado, varejo, tecnologia, design e muitos outros. "A formação destes profissionais contará com parcerias com grandes empresas dos respectivos setores. A ideia é proporcionar para o sul-mato-grossense, em especial ao campo-grandense, acesso à educação profissional de primeira qualidade", explica Regina Ferro, diretora regional do Senac em Mato Grosso do Sul.

Luiza Ribeiro, diretora-presidente da Fundação Social do trabalho (Funsat), acrescenta que os convênios realizados entre a Prefeitura de Campo Grande e outros órgãos têm impulsionado bastante a inserção do campo-grandense no mercado de trabalho. "Por meio do Programa de Incentivos para o Desenvolvimento Econômico e Social de Campo Grande (Prodes), a prefeitura consegue fazer boas parcerias. Com eles, constatamos grandes melhorias para que o trabalhador possa ser o protagonista das oportunidades que estão sendo criadas na capital", conclui.

Leia Também