Segunda, 20 de Novembro de 2017

“Paradinha” nas cobranças de pênalti pode ser proibida

13 FEV 2010Por 07h:57
A Fifa – Federação Internacional de Futebol – anunciou ontem que a International Board, órgão responsável pelas regras do futebol, pretende analisar novas diretrizes do jogo. Entre elas está a proibição da polêmica “paradinha” na hora do pênalti. Em setembro de 2009, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, já havia se mostrado contrário ao uso de artimanhas na cobrança de penalidades, e chamou a prática de “roubo”. A proposta será discutida na reunião da International Board, no próximo dia 6 de março, que marca o 124º encontro anual do órgão. Outras propostas que serão analisadas incluem punições mais pesadas para falta em chance clara de gol e novas funções para o quarto árbitro. A entidade também pretende discutir o uso de mais assistentes durante as partidas – novidade que está sendo testada na Liga Europa – além do uso de tecnologia pelos árbitros. A agenda da reunião, que será presidida pela Fifa, como é tradição em anos de Copa do Mundo, inclui alterações no artigo 1, dedicado ao campo de jogo, e no artigo 5, que discute a figura do juiz. Fundada em 1886, a International Board é composta pelas federações de futebol de Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte, além da Fifa. Cada associação britânica tem direito a um voto, enquanto a entidade internacional, que representa os outros 204 países afiliados, dispõe de quatro. Para que uma proposta seja aprovada, precisa obter 75% dos votos.

Leia Também