Segunda, 20 de Novembro de 2017

Para ser candidata, Simone deixará prefeitura no dia 1º

20 MAR 2010Por 02h:56
A prefeita de Três Lagoas, Simone Tebet (PMDB), vai apresentar um balanço dos cinco anos de sua gestão no dia 30 de março, na Câmara Municipal. Essa deve ser a última sessão da qual participará como prefeita. Ela vai protocolar sua renúncia no dia 31 e, em 1º de abril, o cargo será transferido para a vice, Márcia Moura (PMDB). O anúncio oficial da renúncia deve acontecer em 25 de março, quando Simone terá audiência com o governador André Puccinelli (PMDB). No mesmo dia, ela receberá o prêmio de Mérito Legislativo, na Assembleia Legislativa. Desde o início da semana, a prefeita cumpre intensa agenda de fim de mandato, com inaugurações e lançamento de obras praticamente todos os dias. Em abril, ela pretende tirar alguns dias de férias, logo após o feriado da Semana Santa. Ela vai descansar com a família em uma cidade serrana no interior de São Paulo, e se preparar para a campanha eleitoral. Antes, segundo informações de sua assessoria, ela vai permanecer algumas semanas em Três Lagoas para repassar informações para Márcia Moura, que atualmente ocupa o cargo de secretária de Desenvolvimento Econômico. Na Prefeitura de Três Lagoas, o clima é de transição. Segundo fontes extraoficiais, até mesmo os empenhos financeiros só poderão ser feitos até o dia 25, “porque a prefeita não quer deixar nenhuma pendência para trás”. Em recente evento, em tom de brincadeira, Simone comentou a participação dos secretários em todos os atos da administração municipal, dizendo que eles estavam marcando presença porque têm medo de perder o emprego com a mudança de prefeita. Amigas de infância A vice-prefeita é amiga de infância de Simone Tebet e foi uma escolha pessoal. Na época em que estava formando a chapa para disputar a reeleição, apesar da pressão de alguns caciques do PMDB local, Simone não abriu mão de escolher sua vice pelo critério da amizade e da confiança. “Temos que escolher nossos sucessores com muita seriedade. Acho que agora, a escolha do governador obedece ao mesmo critério e posso garantir que nunca vou decepcioná- lo”, disse. Nesta semana, os políticos locais tinham expectativa de que o governador André Puccinelli viesse a Três Lagoas para anunciar oficialmente o nome de Simone como vice em sua chapa. Fontes do PMDB de Três Lagoas garantem que não há possibilidade de mudança de nome no cargo de vice na chapa majoritária do PMDB para as próximas eleições. “Seria uma traição com Três Lagoas e causaria muita decepção para a população, que está orgulhosa com a escolha de Simone na vice, trilhando o mesmo caminho do pai dela, o senador Ramez Tebet”, afirmou um representante do partido.

Leia Também