Segunda, 20 de Novembro de 2017

Para PSDB, possível recuo ajudará Serra

24 ABR 2010Por 06h:29
brasília

Embora desafetos na vida política, o deputado federal Ciro Gomes (PSB) favoreceu o pré-candidato à Presidência José Serra (PSDB) na corrida eleitoral deste ano, avaliaram dirigentes tucanos ontem. Ciro admitiu que está fora da disputa pela sucessão presidencial e disse que Serra vai ganhar a eleição, pois está “mais preparado e é mais capaz” que a pré-candidata petista, Dilma Rousseff.

O presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), observou que Ciro é conhecido pelo gênio explosivo e por dizer o que pensa, sem medir palavras. Ao elogiar Serra, segundo o senador, Ciro dá musculatura à candidatura tucana. “Eu acho que o Ciro é um cara que normalmente fala o que pensa. Quando ele diz que o Serra tem competência, qualidade para ser presidente da República e a Dilma não tem, ele nos dá uma grande musculatura. Isto afirmado por mim ou por outro do partido tem um peso muito menor do que dito pelo Ciro”, afirmou.

O líder do PSDB na Câmara, deputado João Almeida (BA), também diz que, ao sair do páreo, Ciro ajuda Serra. “As pesquisas indicam que os votos dele vêm mais para nós do que para os outros. Isso, de certa forma, é um benefício. Agora, o futuro vai depender muito do comportamento do Ciro, se ele puder de alguma forma influenciar os seguidores dele”, comentou.

Almeida também criticou a atitude do presidente Luiz Inácio Lula da Silva com relação ao deputado, lembrando que Ciro mudou seu domicílio eleitoral do Ceará para São Paulo a pedido do presidente.

Leia Também