Quarta, 22 de Novembro de 2017

Para Lula, Brasil encontrou caminho para geração de empregos

9 AGO 2010Por 13h:00
     

                O presidente Luiz Inácio Lula da Silva comemorou os dados de empregos formais criados nos últimos anos e afirmou que eles mostram que o Brasil "encontrou o caminho... da geração de empregos".

"Porque nós estamos fazendo o que não acontecia desde 1975, quando entramos numa crise de desemprego no Brasil, de desativação das atividades econômicas no Brasil", disse o presidente em seu programa semanal de rádio.

Na semana passada, o Ministério do Trabalho e Emprego informou que foram criados em 2009 1,766 milhão de novos empregos formais, levando o total entre 2003 e 2010 a 13,9 milhões.

"Ao criarmos 14 milhões de empregos, a gente fica olhando a Europa e os Estados Unidos, que perderam, apenas em 2009, praticamente 16 milhões de postos de trabalho", comparou Lula. "Finalmente, o Brasil vai se transformar numa grande economia."

 

MERCOSUL

O presidente também elogiou os resultados da 39a Cúpula do Mercosul, realizada em San Juan, na Argentina, na semana passada, dizendo que foi "uma das melhores" das quais já participou.

Segundo o presidente, a aprovação do Código Aduaneiro do Mercosul e o fim da dupla cobrança da Tarifa Externa Comum (TEC), entre outras medidas, serão importantes para melhorar o comércio do bloco.

"Nesses oito anos que eu participo do Mercosul, esta foi a reunião mais produtiva, me dando a impressão de que, pela primeira vez, todos nós tivemos consciência da verdadeira importância do fortalecimento do Mercosul", afirmou.

Lula também destacou o encontro com a presidente da Argentina , Cristina Kirchner, dizendo que os dois países querem intensificar os esforços de cooperação para o uso pacífico da energia nuclear.

Leia Também