Sexta, 17 de Novembro de 2017

Para especialistas, Senado atropelou princípios da Constituição

4 JUL 2009Por 20h:00
     

        Da redação

         

No dia 5 de outubro de 1988, em uma sessão histórica do Congresso Nacional, o então presidente da República, José Sarney, prestou juramento à Constituição recém-promulgada. "Prometo manter, defender, cumprir a Constituição, observar as leis, promover o bem geral do povo brasileiro, sustentar a União, a integridade e a independência do Brasil."

Passados quase 21 anos, o mesmo Sarney se encontra no centro de um escândalo em que, segundo juristas ouvidos pela reportagem, foram atropelados princípios básicos da Constituição que o ex-presidente e agora senador jurou defender.

Leia Também