Terça, 21 de Novembro de 2017

Palmeiras procura encontrar equilíbrio em campo, contra Ituano

24 JAN 2010Por 07h:30
     São Paulo
        O Palmeiras tenta esquecer a arbitragem para voltar a vencer no Campeonato Paulista. Após um fraco desempenho e muitas reclamações no empate com o Barueri por 2 a 2, na última quinta-feira, o time reencontra a torcida hoje, às 16h (MS), para enfrentar o Ituano, no Palestra Itália.
        Os torcedores estão na dúvida sobre o que podem encontrar quando os jogadores subirem ao gramado. Um time envolvente e ousado como na estreia do Estadual, nos 5 a 1 sobre o Mogi Mirim, ou uma equipe sem variação tática e perdida na armação, como no empate de Presidente Prudente? Além de tentar repetir a boa atuação do jogo inicial, o elenco espera não ter problemas com a arbitragem.
        Tentando não se preocupar com o árbitro, Muricy Ramalho deve manter o time que empatou com o Barueri. Deyvid Sacconi, apesar de ter marcado gol, teve dificuldades em armar as jogadas, mas deve ganhar outra chance como titular - William ficará na reserva. "O time tem um desenho tático, está jogando bem", elogiou Muricy. "Não tem por que mudar".
        O esquema 4-4-2, que o treinador imagina usar no ano, ainda mostra falhas. "Temos de tomar cuidados defensivamente, não podemos dar contra-ataques", alertou. Sem Maurício Ramos, machucado, Léo e Danilo seguem como a dupla de zaga. Muricy quer um cuidado principalmente com os volantes. Pierre e Márcio Araújo já melhoraram o toque de bola no meio de campo, mas ainda deixam espaço para os adversários chegarem com perigo à meta de Marcos.
        Ao mesmo tempo em que se preocupa com a defesa, o treinador pede para a diretoria contratações urgentes no ataque. Robert continua como a principal referência na frente - Diego Souza não é atacante e sai bastante do meio, com Cleiton Xavier e Sacconi apoiando Robert.
        
        

Leia Também