Sábado, 18 de Novembro de 2017

Países de esquerda da AL planejam moeda única virtual

13 DEZ 2009Por 17h:00
     

Nove países que formam o grupo Alternativa Bolivariana para as Américas informaram que planejam criar uma moeda única virtual, o sucre, para ser usada no comércio entre eles a partir de janeiro.

Não haverá a emissão de sucres de papel ou moeda; a divisa será virtual. A intenção declarada é reduzir a dependência do dólar e, em última instância, dos próprios Estados Unidos.

Composto por Cuba, Bolívia, Venezuela, Nicarágua, Honduras, Equador, Antígua e Barbuda, San Vicente e Granada, o grupo está reunido desde ontem na capital cubana.

        Cuba assinou um acordo no sábado para pagar arroz comprado da Venezuela em sucres, de acordo com Rogélio Sierra, vice-ministro do Exterior da ilha.

Leia Também