Domingo, 19 de Novembro de 2017

Pais são suspeitos de torturar cinco filhos no Guarujá

28 ABR 2008Por 17h:29
     Com múltiplas cicatrizes pelo corpo, algumas recentes, bolhas nos pés e nas mãos, sujas e com fome. Assim foram encontradas, no sábado, cinco crianças com idades entre 2 e 9 anos residentes na Vila Áurea, bairro da periferia de Guarujá, no litoral paulista. A conselheira tutelar Cláudia Santos Nascimento mostrou-se "espantada" com tudo o que viu e ouviu das crianças, levando-se em conta que as lesões foram decorrentes de "tortura" e teriam sido praticadas pelo próprio pai, com a anuência da mãe.

        

        As crianças contaram que o pai aproximava um isqueiro acesso na língua delas e que a mãe via tudo e não fazia nada. Em outras ocasiões, queimava a língua delas com bolinho quente e também acendia palitos de fósforo entre os dedos das mãos e dos pés até queimá-las.

        Com informações do Estadão

Leia Também