Quinta, 23 de Novembro de 2017

Pai pede suspensão de ato em solidariedade à brasileira

16 FEV 2009Por 12h:30
     Marcada para hoje à tarde, no Recife, por amigos, professores e entidades de defesa dos direitos humanos, foi suspensa a manifestação de solidariedade à advogada Paula Oliveira. A suspensão acata pedido do pai da pernambucana, Paulo Oliveira. Paula afirma ter sido alvo de um ataque de skinheads em uma estação ferroviária nos arredores de Zurique na semana passada. Dias depois da denúncia, investigadores suíços disseram que os ferimentos teriam sido feitos por ela mesma.

                

                "Os familiares pediram a suspensão de qualquer tipo de manifestação ou declaração até que tudo seja esclarecido", disse hoje, por telefone, Marco Aurélio Peixoto, amigo e ex-colega de Paula na Faculdade de Direito do Recife e um dos organizadores do ato.

                Com informações do Estadão

                 

Leia Também