Segunda, 20 de Novembro de 2017

Pai e madrasta de Isabella afirmam inocência em cartas

3 ABR 2008Por 14h:52
     

                O pai e a madrasta da menina Isabella Nardoni, de 5 anos, que caiu ou foi jogada do 6º andar de um prédio na Zona Norte de São Paulo, divulgaram nesta quinta-feira (3) cartas nas quais afirmam não serem culpados pela morte da criança e dão detalhes do relacionamento com Isabella. O casal teve a prisão temporária decretada na quarta-feira (2) pelo 2º Tribunal do Júri do Fórum de Santana. Segundo o delegado-adjunto do 9º Distrito Policial (Carandiru), Frederico Rehder, os advogados do casal foram notificados da decisão no final da noite de quarta. De acordo com a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça (TJ), a prisão é de 30 dias e pode ser prorrogada por mais 30.
                Com informações do site G1
                

Leia Também