Domingo, 19 de Novembro de 2017

Pai agride bebê de três meses em Itaporã

11 AGO 2010Por 11h:30
     

Uma criança de apenas três meses de idade foi espancada pelo próprio pai na madrugada desta quarta-feira (11), no bairro Lagoa em Itaporã. O homem teria agredido também a esposa por Deus teria mandado.

A Policia Militar da cidade foi acionada por volta das 4h com a informação de que um homem teria agredido a esposa e um bebê e que estava ameaçando os trabalhadores de uma usina, que aguardavam o transporte coletivo para o trabalho.

Assis Paulino de Aguiar, 29 anos, morador do bairro Lagoa, que já cumpriu pena na Penitenciária Harry Amorim costa (PHAC), estava bastante exaltado e portava dois pedaços de madeira. O homem ameaçou os policiais, que o prenderam em flagrante.

A criança de apenas três meses tinha lesões pelo corpo e um corte profundo no rosto, próximo ao pescoço, medindo seis centímetros, e foi socorrida pela guarnição da PM e conduzida até o Hospital Municipal de Itaporã onde está sob cuidados médicos.

Segundo a doméstica Vera Lucia da Silva, 35 anos, mãe da criança, o marido chegou em casa e começou a agredi-la a pauladas e em dado momento agrediu também a criança.

Na Delegacia de Polícia de Itaporã o agressor disse que se ele fosse processado, mataria todos, começando pela esposa, depois o filho de três meses e também os policiais e as conselheiras tutelares que acompanharam o caso.

Questionado sobre a atitude, o agressor disse que a criança era um empecilho na vida do casal, que antes do menino nascer, as coisas eram melhores e que fez tudo isso foi a mando do "Senhor Jesus".

O agressor deverá ser autuado em flagrante por Tentativa de Homicídio contra a criança, Violência Doméstica e Lesão Corporal contra a esposa e Ameaças. (Com informações do Itaporã Hoje)

Leia Também