Quarta, 22 de Novembro de 2017

Padre desaparecido viria para Dourados em balões

21 ABR 2008Por 11h:42
     

 

 

O padre Adelir Antônio de Carli, de 41 anos, que está desaparecido desde ontem (20) quando voava preso em balões de festa, saiu de Paranguá (PR) com destino a Dourados (MS). Os ventos o teriam levado em direção ao mar de São Francisco do Sul, Litoral Norte catarinense, onde foram encontrados pedaços de balões no mar.

Com o auxílio de pescadores, embarcações da Marinha procuram pelo padre no mar. Carli voa para promover as ações da Pastoral Rodoviária do Paraná, que faz missa nas estradas e dá apoio espiritual aos motoristas. O objetivo do padre era bater um recorde e voar 20 horas preso aos balões de festa.

 

Com informações do G1

Leia Também