Domingo, 19 de Novembro de 2017

Padrasto é preso após matar enteado de um ano por espancamento

3 NOV 2009Por 15h:00
      Um homem foi preso em flagrante em Ribeirão Preto acusado de matar o enteado espancado. Gustavo Rafael Rodrigues Paulino Ferreira, de 1 ano e 4 meses, morreu na madrugada desta terça-feira, 3, num hospital da região central cidade.

        O padrasto da criança, Edilson Roberto Nogueira, de 23 anos, teria agredido a criança num hotel de Ribeirão Preto. O caso foi encaminhado para a Delegacia de Defesa da Mulher e Nogueira deverá ser indiciado por homicídio qualificado.

        Com informações do Estadão

Leia Também