Segunda, 20 de Novembro de 2017

PAC 2 incluirá ligação ferroviária de MS ao PR

12 MAR 2010Por 07h:40
O Palácio do Planalto vai incluir os projetos de construção de ramais ferroviários Maracaju-Dourados-Cascavel (PR) da Ferroeste no PAC-2 (Programa de Aceleração do Crescimento), o que garantirá a continuidade dos trabalhos iniciados com a liberação de R$ 30 milhões pelo governo federal, no ano passado, para estudos técnicos. O ministro de Relações Institucionais da Presidência, Alexandre Padilha, confirmou ontem a informação ao deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT). Para o presidente da Ferroeste, Samuel Gomes, “o deputado Dagoberto é um dos aliados que mais têm se interessado em viabilizar a Ferroeste, para tanto tomou iniciativas no Congresso Nacional para garantir a viabilidade do projeto ao incluir no PPA (Plano Plurianual), do Governo federal, a construção de ramais ferroviários”. “O PPA é importante por direcionar os investimentos da União em todo o Brasil por quatro anos”, enfatizou o presidente da empresa paranaense, Samuel Gomes, após ser comunicado por Dagoberto sobre a decisão do Palácio do Planalto que garante a continuidade dos trabalhos. Em julho de 2008, Dagoberto também solicitou ao Ministério dos Transportes que incluísse no PPA a construção de 625 km do trecho ferroviário ligando Dourados (MS) e Maracaju(MS) a Cascavel (PR). No ano passado, a Ferroeste já obteve garantia da liberação de R$ 30 milhões do PAC para atualização dos projetos de engenharia dos novos ramais que compõem o trecho Maracaju (MS)/Porto de Paranaguá (PR), da Ferroeste.

Leia Também