Quarta, 22 de Novembro de 2017

PA fecha 2 fábricas clandestinas de palmito em SP

17 JUN 2008Por 17h:43
     

 

 

A Polícia Ambiental de Itapetininga, na região de Sorocaba (SP), fechou hoje (17) duas fábricas clandestinas de palmito que funcionavam na região sul do Estado. Além de equipamentos e embalagens, foram apreendidos 400 potes com os gomos prontos para consumo e 700 unidades no estado natural. Foram detidos dois homens, que receberam multa de R$ 78 mil.

 

De acordo com o comandante da Polícia Ambiental na região, tenente Edson Moraes, os produtos foram obtidos a partir do corte de pelo menos 1,1 mil palmeiras da espécie juçara, típica da mata atlântica e em risco de extinção. Um dos estabelecimentos industriais funcionava num dos cômodos de uma casa. O outro, estava improvisado dentro da mata.

 

Com informações da Agência Estado

Leia Também