Domingo, 19 de Novembro de 2017

Ovo está presente na alimentação humana desde a antiguidade

25 JAN 2010Por 07h:23
De acordo com relato da Associação Nacional dos Avicultores Produtores de Ovos (Anapo), de Portugal, o ovo de galinha é, desde a antiguidade, um produto sempre presente na alimentação do homem. A avicultura de produção de ovos teve a sua origem há muitos séculos, quando os colonizadores de certas regiões da Índia e China iniciaram a domesticação de algumas famílias de Gallus Gallus. Desde a Índia, acompanhando as tribos nômades, as galinhas cruzaram a Mesopotâmia até chegarem à Grécia. Mais tarde os celtas propagaram as galinhas por toda a Europa. Mais recentemente, antes da II Guerra Mundial, em todo o mundo, a maior parte da produção de ovos vinha de pequenos aviários. No início da década de 60, a tecnologia avançada, os progressos na genética e o desenvolvimento de equipamentos mecânicos eficientes provocaram importantes mudanças no sistema produtivo, na dimensão dos aviários e passou a haver aviários com capacidade para alojar um maior número de aves, de quatro mil a cinco mil, ou mesmo mais, acrescentou a Anapo. Nos anos 90, apareceram aviários de produção de ovos com mais de 100 mil galinhas que podem ir até as 500.000 cabeças na Europa. Em alguns países, há aviários com capacidade de alojamento para mais de um milhão de galinhas poedeiras. (CF)

Leia Também