Segunda, 20 de Novembro de 2017

Órgão que aprova uso de embriões deve ser reformulado

31 MAI 2008Por 09h:50
     

        Responsável pela autorização e fiscalização de pesquisas com seres humanos no País, a Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep), vinculada ao Conselho Nacional de Saúde (CNS), deve passar por ampla reformulação, defendeu ontem o secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Reinaldo Guimarães. Com a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de liberar as pesquisas com células-tronco embrionárias, a tendência é que a comissão seja cada vez mais procurada. Durante a votação no STF, os ministros Ricardo Lewandowski, Carlos Aberto Menezes Direito e Cezar Peluso foram contra a liberação total e argumentaram que é necessária uma legislação específica para evitar desvios éticos.

        Com informações do Estadão

Leia Também