Quinta, 23 de Novembro de 2017

Organização destaca tragédia em Santa Catarina como uma das piores no mundo, este ano

17 DEZ 2008Por 08h:40
     

 

 

As enchentes em Santa Catarina foram as piores em um século na região, segundo a Organização Meteorológica Mundial (OMM), que destacou o evento climático no País como um dos mais sérios do ano no mundo.

 

Por um período de 12 horas, das 16h de segunda-feira às 4h de ontem, as estações meteorológicas da Epagri/Ciram registraram 182 milímetros de chuva na Grande Florianópolis, praticamente o volume previsto para o mês de dezembro, de 190 milímetros. A precipitação causou inúmeros alagamentos e até deslizamentos. Em São José, município próximo de Florianópolis e um dos mais atingidos pela chuva, o acumulado foi de 179 milímetros - mais que a média mensal, de 172.

 

Pelo menos seis municípios tiveram problemas. A cidade mais atingida foi Palhoça, onde mais de dez bairros enfrentaram alagamentos. No bairro Passa Vinte, 32 apartamentos de um edifício foram evacuados por medida de segurança. As famílias foram abrigadas nos salões de festas no mesmo condomínio. Em Blumenau, uma barreira caiu no bairro Itoupava Norte. Um posto de saúde Lothar Franz foi interditado, por conta do risco de deslizamento de terra. Foram verificados deslizamentos na Rua Progresso, no bairro de mesmo nome. Nenhuma casa foi atingida, conforme a Defesa Civil de Blumenau.

 

Com informações do jornal O Estado de S. Paulo

Leia Também