Segunda, 20 de Novembro de 2017

Ordem para matar diretor de Bangu 3 saiu de MS, diz secretário

17 OUT 2008Por 17h:01
     

 


        

A Secretaria de Segurança do Rio de Janeiro investiga se a ordem para matar o diretor do presídio de segurança máxima Bangu 3, tenente-coronel José Roberto do Amaral Lourenço, partiu de presídios federais. A principal suspeita é de que os autores do crime sejam ligados ao Comando Vermelho e tenham matado o diretor em retaliação ao endurecimento de regras em Bangu 3.

O secretário de Administração da Penitenciária do Rio, Cesar Rubens Monteiro de Carvalho, afirmou nesta sexta-feira (17) que a Secretaria de Segurança suspeita que as ordens partiram do presídio federal de Campo Grande, mas ainda não há comprovações.


Com informações da Folha Online
        

Leia Também