Quarta, 22 de Novembro de 2017

Orcírio reitera que nem Lula é capaz de demovê-lo da pré-candidatura ao Governo

31 AGO 2009Por 22h:45
     

Karine Cortez

 

O ex-governador de Mato Grosso do Sul, José Orcírio dos Santos (PT), reiterou hoje que nem mesmo o presidente da República, Luiz Inácio Lula Da silva, irá demovê-lo da pré-candidatura para concorrer ao Governo do Estado em 2010. Ele ressaltou que não acredita na informação de que Luiz Inácio estaria querendo as duas vagas do Senado para o PT em troca do apoio à reeleição do governador André Puccinelli (PMDB) em MS para garantir palanque único à ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Roussef. "Não acredito nisso. O Lula nunca me chamou para falar isso e fui autorizado por ele para ser candidato. Agora, consegui a união do partido e comecei a percorrer todo o Estado. Portanto, não tenho mais como recuar e não é o Lula que vai me demover da disputa", enfatizou Orcírio.

O ex-governador admitiu que chegou a receber o convite para ocupar uma vaga no Senado, mas, na época, disse ao presidente que não tinha interesse pelo cargo.

Leia Também