Quinta, 23 de Novembro de 2017

Orcírio reforça que alinaça com o PMDB seria desastrosa

7 MAI 2009Por 22h:46
     

Da redação

 

O ex-governador José Orcírio dos Santos não estará na comitiva do PT que deverá se reunir amanhã com o presidente Lula para lavar a roupa suja do relacionamento conflituoso com o PMDB de André Puccinelli. Em vez disso, o petista disse que em vez de holofotes da inauguração do Trem do Pantanal, prefere manter maratona de viagens ao interior do Estado para fazer contatos com as bases do seu partido e pregar união de forças para enfrentar o PMDB nas eleições de 2010. "Estamos humildemente trabalhando nesta direção. O encaminhamento nosso é por uma ampla aliança de oposição para a retomada do Governo. O Estado está nesta penúria e nossa população não vai suportar esse abandono. Nós temos projetos de Governo. O PMDB que está aí, não", disparou.

Leia Também