Sexta, 24 de Novembro de 2017

Orcírio diz que a aliança nacional entre PT e PMDB deverá constranger Puccinelli

15 OUT 2009Por 23h:30
     

                                Karine Cortez

                                 

A provável consolidação da aliança nacional entre PT e PMDB deverá constranger o governador André Puccinelli (PMDB) a pedir voto para o candidato presidenciável do PSDB. Essa foi a avaliação do, ex-governador José Orcírio dos Santos, principal adversário de Puccinelli nas eleições de 2010.

O governador já afirmou que não dará palanque à pré-candidata petista à Presidência da República, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Roussef, se o partido em Mato Grosso do Sul lançar candidatura própria. Neste caso, ele se concentraria em apoiar o candidato do PSDB, Aécio Neves ou José Serra.

                                No entanto, o PMDB quer indicar o candidato à vice-presidência na chapa a ser encabeça por Dilma. Isso colocaria Puccinelli em maus lençóis, uma vez que ao apoiar os tucanos, ele teria que pedir voto para o adversário do PMDB em nível nacional. "Quero ver como ele fará. Será um constrangimento enorme para ele pedir voto para o Serra, sendo o PMDB vice da Dilma", indagou Orcírio.

Leia Também