Segunda, 20 de Novembro de 2017

Operação flagra trabalho escravo em fazendas de Porto Murtinho

20 FEV 2008Por 10h:50
     

 

 

Cerca de 20 trabalhadores, nove deles paraguaios, foram encontrados, mantidos em condições de escravidão, em propriedades rurias em Porto Murtinho. Ação foi realizada entre os dias 11 e 15 de fevereiro, pelo Ministério Público do Trabalho, Ministério do Trabalho e Emprego, Polícia Militar Ambiental e Comissão Permanente de Investigação e Fiscalização das Condições de Trabalho no Estado. Segundo o procurador do Trabalho Heiler Ivens de Souza Natali, alguns trabalhadores atuavam na aplicação de agrotóxicos sem equipamentos de proteção individual, os alojamentos eram de péssima qualidade e a maioria dos trabalhadores não tinha carteira de trabalho assinada. O Ministério Público do Trabalho anunciou ter firmado quatro termos de ajustamento de conduta com fazendeiros e proprietários dos estabelecimentos.

Leia Também