Quarta, 22 de Novembro de 2017

Operação de buscas entra em fase mais difícil

14 JUN 2009Por 20h:30
     

A operação de buscas de despojos do voo 447 da Air France entra agora em uma fase ainda mais difícil, duas semanas após o acidente. Desde quinta-feira a força-tarefa militar brasileira nada avistou na região de buscas, enquanto o último resgate realizado pela Marinha francesa ocorreu na sexta-feira, dia 12, com o recolhimento de seis corpos.

Eles foram transferidos neste domingo para a fragata da Marinha brasileira Bosísio, e devem chegar ao arquipélago de Fernando de Noronha nesta terça, dia 16, onde serão submetidos ao mesmo processo de pré-identificação, já realizado em 43 corpos. No total, foram resgatados até o momento 49 corpos dentre os 228 passageiros do Airbus.

        O número dos que já se encontram no IML do Recife, para exames de necropsia foi retificado neste domingo: são 43 e não 44, como anteriormente divulgado. Após a pré-identificação por peritos da Polícia Federal e da polícia civil de Pernambuco, em Fernando de Noronha, foi constatado que um deles não apresentava tecido humano, "mas de animal marinho de grande porte, possivelmente eviscerado por alguma embarcação de pesca e atirado ao mar". (Com Agência Estado)

Leia Também