Domingo, 19 de Novembro de 2017

Operação da PF coloca atrás das grades quase a metade do primeiro escalão de Dourados

7 JUL 2009Por 23h:49
     

DA REDAÇÃO

 

A Operação Owari da Polícia Federal colocou atrás das grades quase a metade do primeiro escalão do prefeito de Dourados Ari Artuzi (PDT). Foram presos os secretários municipais de Governo, Darci Caldo; de Saúde, Sandro Ricardo Barbara; de Obras Carlos Ióris, e ainda os assessores especiais Márcia Fagundes e Jorge Dauzacker, além do vice-prefeito e secretário de Serviços Urbanos, Carlos Alberto Assis Bernardes, o Carlinhos Cantor.

As prisões fizeram com que mais 40% das pastas fiquem, pelo menos temporariamente, sem os titulares.

Leia Também