Sexta, 24 de Novembro de 2017

ONU apela para que o mundo elimine as armas nuclear nos próximos nove anos e meio

28 JUL 2010Por 04h:30
     

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, pediu hoje (28) a abolição das armas nucleares até ao ano 2020. O apelo de Moon foi transmitido às autoridades, por meio de carta, durante a conferência de desarmamento, em Hiroshima, no Japão. A cidade foi alvo, em 1945, do primeiro ataque nuclear da história, executado pelos Estados Unidos.

Em uma mensagem, Moon destacou que a única forma de garantir a segurança no mundo é eliminação dessas armas.

O debate vem à tona no momento em que o Irã é acusado pela comunidade internacional de desenvolver armas atômicas no programa nuclear. Em decorrência das suspeitas, os iranianos sofrem uma série de sanções impostas pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas, pelos Estados Unidos, pela União Europeia e pelo Canadá. O Irã nega as suspeitas.

Moon sugeriu aos líderes dos países que possuem armas nucleares que visitem Hiroshima e Nagasaki, cidade japonesa destruida pelos Estados Unidos na 2ª Guerra Mundial, para que possam ver a destruição causada por armamentos atômicos.

O secretário-geral disse que no começo do mês vai às duas cidades japonesas para participar da cerimônia que marca o aniversário da explosão da bomba atômica que destruiu Horoshima e Nagasaki em 1945.

A estimativa é que cerca de 220 mil pessoas, a maioria civis, incluindo crianças, morreram apenas nos bombaterdeios norte-americanos às cidades japonesas de Tóquio, Kobe, Hiroshima e Nagasaki.

Leia Também