Quinta, 23 de Novembro de 2017

Ônibus doados viram sucata e dão origem a dívida milionária

23 AGO 2009Por 23h:30
     

        Rose Rodrigues

        Quando em 1996, o então prefeito de Três Lagoas, Darci da Costa Filho, recebeu a doação de nove ônibus escolares canadenses, certamente não sabia o problema que deixaria aos futuros administradores. Hoje, 13 anos depois, só sobraram as carcaças, que estão apodrecendo. Na época, Darcy Costa teve que pagar as despesas alfandegárias e como não tinha dinheiro, fez um empréstimo de R$ 370 mil com o Banco Interfinance. A conta nunca foi paga. A atual prefeita, Simone Tebet, renegociou o débito e quando terminar de pagar já terão sido gastos mais de 20 milhões, incluindo os juros e correção. Além disso, por serem usados, a maior parte dos veículos não rodou mais de um ano e não foram reformados, pois as peças teriam de ser importadas.

Leia Também