Quinta, 23 de Novembro de 2017

Oito controladores de vôo são condenados em Manaus

18 JUL 2008Por 09h:00
     

 

 

A Justiça Militar condenou ontem (17) oito controladores de vôo do Cindacta-4, em Manaus. O julgamento durou mais de seis horas. Em 30 de março do ano passado, em meio a crise aérea, um protesto nacional dos controladores de vôo parou 49 aeroportos do país. Cerca de mil vôos foram cancelados. Milhares de passageiros ficaram sem voar, lotando os saguões de embarque em todo o Brasil.

 

Os oito ex-controladores do Cindacta 4, que fica em Manaus, foram a julgamento pelo comportamento deles neste dia. Na ocasião, eles se recusaram a responder aos superiores se participavam do movimento, o que foi interpretado como quebra de hierarquia.

 

Todos foram condenados por crimes de militares: uns por desrespeito, outros por incitamento à desobediência e outros, ainda, por crítica indevida, por terem dado declarações a jornalistas. As penas variam de dois meses a dois anos de prisão em regime aberto. A defesa vai recorrer ao Superior Tribunal Militar.

 

Com informações do site G1

Leia Também